10 Dicas para uma boa alimentação infantil

No mundo atual onde o apelo consumista toma conta das nossas vidas. É difícil manter uma alimentação saudável e menos dependente de fast-foods e produtos industrializados em excesso. Iniciar uma rotina de alimentação saudável com os pequenos nem sempre é fácil, mas traz resultados muito importantes na saúde e dia a dia da criançada.Abaixo listo 10 formas de incentivar os pequenos a iniciar e manter hábitos alimentares mais saudáveis.


1. Apresentação do prato é importante (brincar com a comida)

Tente montar o prato de forma divertida. Imitando desenhos e figuras infantis como personagens e bonecos. Use a imaginação para transformar legumes,  verduras e frutas e tornar a opção mais atrativa para as crianças. Isso pode fazer a hora da refeição menos difícil.

Fonte: https://br.pinterest.com/popsugarmoms

2. Reduzir Doces 

Evite oferecer ou permitir que a criança coma em excesso  doces, balas ou outras guloseimas, principalmente antes das refeições. É importante saber oferecer o doce na medida e no  momento correto.

3 Evite Fast-Food.

Lojas de hambúrgueres, lanches rápidos, etc… são extremamente atrativos aos pequeninos, e muitas vezes aos grandes também. Cuide para não tornar isso um hábito e interferir na alimentação correta dentro de casa.

4. Provar novos alimentos

É comum a criança afirmar que não gosta de determinado alimento, sem nem mesmo ter provado. Nesta situação, insista para que prove, pois sem experimentar não vai saber o sabor. Procure em um mesmo alimento fazer várias outras preparações, como por exemplo, a batata pode ser em forma de nhoque, purê, assada, cozida, assim a criança tem a oportunidade de sentir o sabor e a textura de um mesmo alimento em diversas preparações e  escolher entre elas o que mais apreciou.

5. Bebidas

Refrigerantes e sucos em caixinha tem marcado presença nas refeições das crianças, um hábito que deve ser evitado.O excessivo consumo deste tipo de bebida traz uma série de problemas ao seu organismo como o  ganho de peso . Isso por conta da sua alta taxa de açúcar, conservantes e corantes. Dê preferência a sucos de fruta natural é muito mais saudável e rico em vitaminas. E não deixe de oferecer água, muitas vezes as crianças para não perder a brincadeira esquece de beber água e se hidratar.

6. Prato variado

Para uma refeição saudável é preciso  apresentar a criança uma variedade de alimentos no prato . Sempre presente uma proteína (carne, peixe, frango, frutos do mar, ovo…) , leguminosa (feijões, ervilha,…) , Cereal (arroz, aveia, trigo…) e para finalizar vegetais a vontade.

7. Preparação do alimento

Faça com que a criança participe do preparo do alimento. Envolva a criança desde a compra dos ingredientes até a elaboração do prato. Isso ajuda na participação e dá um ar de importância para a criançada, fazendo com que deem mais valor a comida que eles mesmo ajudaram a preparar.

Fonte: http://www.epicurious.com/

8. Sem distrações

Faça as refeições à mesa, evitando televisores, tablet, ou celulares durante a alimentação. O momento da refeição é para apreciar e saborear os alimentos.

9. Evite forçar a criança

Quando a criança não quiser comer evite forçar a alimentação. Quando chegar nesse ponto é melhor evitar o conflito. Oriente e não desista. Aos poucos o pequenino vai se rendendo a mudança e essa alimentação mais saudável passará a ser parte normal do seu dia.

10. Dar o exemplo

É difícil convencer as crianças a comer mais verdura, legumes e frutas, a alimentar-se a mesa, a comer devagar se nós mesmos não fazemos isso. As crianças vão imitar os adultos.  Isso vale para todos os membros da família. O exemplo é a forma mais persuasiva para o aprendizado. Desse modo a criança passa a aceitar melhor as regras e aos hábitos saudáveis.
Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

tags: Dicas